Como eu emagreci 18 quilos, fiz as pazes com a comida e passei a adorar exercício.

July 13, 2017

 

 

 

 

Em 2015 eu me vi em uma armadilha, depois de morar 15 anos na Austrália, eu finalmente atingi um nível de sucesso e conforto que eu desejava a anos. Morava em um bom apartamento em uma boa localização, era super bem reconhecida pelo meu trabalho, fazia muitas viagens e cursos, tinha amigos verdadeiros.Enfim, estava tudo indo de acordo com o protocolo. Mas por um outro lado eu estava trabalhando como uma louca. Tentando gerenciar dois empreendimentos sozinha, querendo juntar dinheiro para uma grande viagem de aventuras radicais (um sonho de anos), e ralando para sustentar esse estilo de vida em Sydney, que é uma cidade bem cara de se viver.

 

Cheguei a um ponto onde estava cansada o tempo inteiro, um estado de exaustão. Sem motivação para fazer nada no meu tempo livre, muito menos cozinhar. Entrega em domicílio tinha se tornado a minha fonte de sobrevivência. Lembro de chegar em casa algumas vezes tão cansada que não tinha energia nem para esquentar a comida pronta, e comia fria mesmo. Sem contar que terminava de comer e já ia deitar, o que não permitia um sono reparador. Ou seja, iniciava mais um dia cansada. Também não fazia exercício, na verdade na minha vida nunca gostei muito, sempre começava e parava e ficava mais tempo parada do que ativa. Nessa correria doida, fiquei cada vez mais sem energia e comecei a sentir um enorme desgaste emocional. Engordei 12 kilos, e eu já estava acima do peso. So I had a burnout! Um esgotamento profissional.

 

Lembro que em Março de 2015 eu tinha 3 clientes marcados para o dia, o que para mim era pouco em relação ao que eu estava acostumada a atender. O meu esgotamento era tanto, que parei o carro no acostamento, desmarquei o primeiro cliente e voltei para casa com um pouco de energia que tinha. Eu nunca tinha experimentado nada igual. Como morava no terceiro andar e não tínhamos elevador, tive que engatinhar nos últimos degraus.. abri a porta e cai no chão. E ali fiquei por horas até conseguir me levantar. Acabei cancelando todos os clientes da semana e foi aí que me dei conta que se eu não fizesse alguma coisa, eu não conseguiria realizar nenhum dos meus grandes sonhos, e ainda adoeceria. Naquele momento vi que precisava agir.

 

Uma amiga havia falado sobre um retiro de desintoxicação, yoga e meditação no Cambodia. Decidi começar a viagem dos sonhos! Não com aventuras e esportes radicais, mas sim com a aventura das mudanças radicais! Procurei uma médica holística para fazer um exame para entender aquela exaustão. Com o resultado ela prescreveu o tratamento mas alertou, se eu não mudasse a minha alimentação e não fizesse exercício, minha saúde não melhoraria muito. Voltei para casa e chorei, não acreditando que tinha deixado chegar naquele ponto.

 

No dia seguinte fiz minha inscrição para o retiro! Trabalhei o desapego, venci a preguiça de mudar e deixei pra trás apartamento, clientela top, conforto e segurança. Guardei minhas coisas in a box e parti. Um recomeço.Quando cheguei no retiro me preocupei. Achei que não ia dar conta de cortar a carne, glúten, laticínio e açúcar, tudo de uma só vez. Achava que não ia dar conta de fazer yoga todos os dias... Enfim, comecei a querer me arrepender. Me deu saudade da minha linda zona de conforto (que nem era tão confortável assim).Ir para o sul da Asia sozinha trouxe muitos dos meus medos para superfície, achei que ia odiar a comida do retiro e ia fugir no meio da noite para comer algo. Tive medo de pagar mico nas aulas de yoga. Me imaginei contado aos amigos que não consegui ir até o fim. Eram muitos pensamentos que iam contra o que meu coração dizia. Graças a Deus esses pensamentos e medos não me impediram de ir. Para minha surpresa quando cheguei no retiro fui recebida por uma equipe muito amorosa. Logo descobri que as pessoas que estavam ali compartilhavam dos meus medos e pensamentos. Me senti em casa.Amei a comida, e em poucos dias já sentia o progresso nas aulas de yoga.

 

Comecei a desinchar, minha mente aquietou, e eu comecei a sentir uma leveza e bem-estar que era surreal.Eu fiz todas atividades disponíveis, terapias, inclusive um jejum. Emagreci 12 kilos e estava sentindo uma vitalidade que nunca tinha experienciado antes. Esse retiro foi divisor de águas na minha vida. Voltei a ter esperança. Dessa vez eu conseguiria mudar de uma vez por todas.

 

Logo depois resolvi ir visitar minha família no Brasil, e eu sabia que esse sim seria um grande desafio. Minha família tem hábitos opostos ao que eu estava vivendo. Na minha família, se a gente está feliz a gente come, se está triste a gente come, se celebra come, se tá entediado come também. Assim que cheguei fiquei firme nas primeiras semanas, mas depois de um tempo eu tive uma queda emocional e quando me vi já estava voltando aos hábitos antigos. Mas algo estava diferente. Logo que comia comecei a notar o tanto que a comida afetava minhas emoções, minha mente começou a ficar mais agitada e a minha energia começou a cair junto com a minha autoestima.

 

Fiquei mal, bem mal! Eu sabia que não podia deixar isso acontecer novamente. Senti que precisava de uma forcinha de novo, achei um retiro em uma ecovila vegana na Bahia e fui para lá me reconectar. Sabia que precisava me rodear de pessoas que estava nessa outra vibe para poder conseguir retomar as rédeas. As quedas no início só servem para fortalecer a vontade de realmente mudar. Foi importante para eu estabelecer as minhas prioridades. Agora eu consigo visitar minha família sem muitos problemas. Reeduquei minha alimentação, fiz as pazes com a comida. Emagreci 18 quilos. Hoje me permito escapulir aqui e ali, mas amo a sensação de comer bem, descobri que comer saudável é muito saboroso, adoro fazer exercício e sinto falta quando não faço.

 

Estou bem próxima de chegar a meu peso ideal, não tenho pressa de chegar lá, porque o mais importante eu já consegui: mudar a minha forma de pensar e o relacionamento que tenho com os alimentos, com meu corpo e com a atividade física. Hoje eu sinto muito mais vitalidade, leveza e confiança do que eu t E eu amo isso mais do que qualquer outra coisa.Quando experienciamos algo positivo, temos vontade de compartilhar isso com os outros. Durante esse processo eu me senti reconectada comigo mesma, com as pessoas a minha volta e com meu propósito.

 

Hoje ajudo outras pessoas na transformação interna para criar uma mudança duradoura na saúde e peso de forma definitiva. Se quiser saber como, ofereço uma primeira sessão de transformação, sem custo e sem compromisso. Assim você experimenta na prática como funciona. Sessão online. Basta mandar um Whatsapp dizendo EU QUERO TER UMA MENTE MAGRA.

 

Se você já tentou mudar e não conseguiu, eu te digo, não desista! A mudança é possível quando se tem o apoio, conhecimento e ferramentas corretas para o seu jeito único de ser. Deixo um abraço carinhoso para aqueles que leram até o final. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Como eu emagreci 18 quilos, fiz as pazes com a comida e passei a adorar exercício.

July 13, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • YouTube ícone social
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook ícone social

© 2023 by  MindsetSpecialist